Fernando Heitor abandona as fileiras da Unita

Compartilhe

O deputado Fernando Heitor abandonou oficialmente hoje, quarta-feira, as fileiras da UNITA, partido que militou 42 anos, por não se rever nas práticas quotidianas da organização e no programa de governação proposto para as eleições de 23 de Agosto.

Falando em conferência de imprensa, em Luanda, Heitor esclareceu que abandonou o partido por, também, não concordar com as formas de estar e de fazer política que a actual direcção do partido tem protagonizado nos últimos três anos.

Disse que a UNITA é um partido desencontrado, do ponto de vista politico, ideológico, sem uma estratégia de estado, lúcida e realista que se adeqúe ao presente e virada para um futuro de progresso e estabilidade social.

Segundo o ex-deputado, a direcção consentiu a infiltração, no epicentro do poder do partido, de pessoas radicais, oportunistas e infiéis, pois “com estas características negativas, não pode continuar a ser meu partido de eleição”.

Considera-se, a partir de hoje, um mero cidadão e apartidário, juntando-se a muitos outros que não têm nenhuma filiação partidária, mais livre, “mas atenção, nunca serei apolítico”.

Para Fernando Heitor, a proposta de mudança para Angola, para os próximos cinco anos, apresentada pelo MPLA, consubstanciado no propósito de “melhorar o que está bem e corrigir o que está mal” é a mais realista, abrangente e a melhor.

“Acho que o MPLA tem fortes possibilidades de vencer as eleições deste ano”, disse, descartando a possibilidade de ingressar nas suas fileiras, “mas, se fôr convidado, poderei dar a minha mãozinha no Governo”.

Fernando Heitor considera pacifica e responsável e reconhece que foram cometidos vários erros na governação anterior, mas que se pretende colocar nos lugares certos os quadros qualificados que o país tem, muitos deles sub-aproveitados .

Para si, o país precisa gritantemente de uma mudança, mas que a mudança deve ser estrutural e comportamental, protagonizada por reformas qualitativas e progressivas.
Fernando Heitor, de 62 anos de idade, ingressou nas fileiras da Unita em Julho de 1975, em Luanda.

Comentários no Facebook
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.