“Pai Querido” tem a árdua missão de (re)conquistar a “querida Sonangol” urgentemente

Compartilhe

Sebastião Pai Querido Martins nomeado em Despacho Presidencial como novo PCA da Sonangol substituindo Carlos Saturninho, tem a grande tarefa de devolver a vida a maior e principal empresa petrolífera do país.

Depois de ter passado neste cargo em 2010 confiado por José Eduardo dos Santos, Sebastião Pai querido ganha a confiança de João Lourenço e substitui Carlos Saturnino que vai a situação da Sonangol agravar-se nos últimos dias.

Em conferência de imprensa realizada no início de 2019, a Sonangol relatava qie tinha bons indicadores de crescimento, ainda mês de Abril, a mesma Sonangol comunicou de que havia faturado mais de 2 mil milhões de dólares so no I trimestre, porém, a situação agravou-se em Maio quando num toque de mágina o país regista escassez de combustível, motivado pela falta de divisas segundo um comunicado que o Jornal da Banda teve acesso, motivo este que viria valer a exoneração do Conselho da Administração de Carlos Saturninho.

Comentários no Facebook
Compartilhe