Psicólogo Pedro Ferreira aponta falta de emprego como uma das principais causas da depressão em Angola

Compartilhe

Sendo a depressão e o suicídio, hoje, um tema bastante mediático no mundo e, particularmente na nossa banda, o Jornal da Banda convidou o Psicólogo angolano Pedro Ferreira para abordar o assunto que vem afectando a sociedade e, principalmente, a camada Juvenil.

Formado pela Universidade Agostinho Neto, Pedro Ferreira, é também analista de mídias sociais. Entretanto, enquanto cientista da mente, considera ser preocupante o estado actual da saúde mental dos angolanos e apela uma maior atenção para este assunto.

Em princípio, Ferreira, começou por definir a depressão como a “A falta de interesse total ou parcial pela vida”. E mais do que conceituar o fenómeno, também disse serem problemas que tendem a aumentar, amiúde.

“Estudos indicam que a depressão será a maior causa de morte no mundo em 2022” alertou o psicólogo.

Para defender o seu alerta, Ferreira, apontou a tecnologia como uma das causas da depressão, justamente porque o ser humano se sente cada vez mais inútil e substituído pelas máquinas.

Para a nossa banda, Angola, Pedro Ferreira apontou o desemprego como a maior causa da depressão e suicídio por parte dos jovens. Ora, para combater estes males, segundo o psicólogo clínico, é preciso que haja frequentes divulgações e continuarem a falar sobre a importância da saúde mental:

“Apelo aos psicólogos para que divulguem e falem mais sobre a saúde mental, porque ela engloba todos os problemas psicológicos” finalizou.

Comentários no Facebook
Compartilhe