Atleta desiste do recorde de 840 kms em 7 dias e sai com graves lesões

Compartilhe

O atleta Carlos Simões que tencionava colocar angola no livro dos recordes mundiais desistiu da prova.

Carlos Simões desistiu da corrida em Esteira que pretendia alcançar a marca de 840km batendo o recorde actualmente pertecente a um brasileiro.

Depois de percorrido quase 120 kms o atleta queixou-se do Guiness ter alterado as regras o que lhe impossibilitou de continuar a provar e no segundo dia o atleta desistiu a pedido da familia.

Como consequência Carlos Simões teve uma grave lesão num dos pés e foi levado com urgência na clínica Girassol para os devidos tratamento.

Mesmo perdendo a prova, o atleta ambiciona voltar a competir em Setembro de 2019 sempre com espírito de solidariedade.

Recorde-se que a corrida teve início no dia 1 de Dezembro e terminaria apenas no dia 8 de Dezembro depois de alcançada a marca dos 840kms numa distância corresponde de Luanda a Lubango.

Comentários no Facebook
Compartilhe