Márcio Batalha e Nell Jazz apresentam-se com performance poética na Fundação Arte e Cultura

Compartilhe

REDAÇÃO: O PRIMEIRO

Jornalista: Matias Daniel

O poeta Márcio Batalha e o músico-compositor Nell Jazz vão apresentar amanhã, quinta-feira,
pelas 19 horas, no Wiza Anfiteatro, da Fundação Arte e Cultura, uma “performance poética
online”. O evento insere-se na grelha programática do projecto Fundação Arte e Cultura Online e
decorre sob o lema “Fique em casa e proteja a sua vida” como forma de prevenção contra a
Covid-19.

Trata-se de uma fusão entre poesia e jazz e conta com a participação especial do trovador Ésio
Adriano. Destacar que, diferente do músico Nell Jazz, Márcio Batalha e Ésio Adriano entram,
pela primeira vez, no menu dos artistas que já deixaram as suas marcas no projecto da Fundação.
“A nossa ideia é pedir as pessoas para que cumpram as obrigações que a OMS e o Ministério da
saúde colocaram-nos, para que fiquemos em casa e nos previnamos contra essa pandemia, e tão
logo que possível, Angola regresse à vida normal”, afirma Márcio Batalha.

De entre os temas a abordar na performance destacam-se a “Poesia na boca do povo”, “Minha
alma”, “Embriaguei-me” e “Saudades do ventre da minha mãe”
Se da parte do poeta Batalha coube a escrita dos poemas ao músico-compositor Nell Jazz pesou a
musicalização dos mesmos.

“Vamos oferecer uma boa música, o Jazz, e especificamente a expansão da cultura. Faço Jazz e
blues, estilos musicais muito ligados às nossas raízes negras”, disse Nell Jazz.
Apesar de pertencer à nova geração, o músico-compositor Nell Jazz é dos poucos que se
distinguem da tendência mediática com que se caracterizam muitos jovens artistas.

“É gratificante quando instituições como a Fundação Arte e Cultura vão buscar jovens com
talento e que procuram trazer boas músicas que reflectem a real identidade cultural do povo”,
desabafa o músico que encontra no cumprimento das orientações das entidades sanitárias como
única forma para sobreviver em meia tenção da Covid-19.

Sobre o projecto

O projecto Fundação Arte e Cultura Online foi lançado no dia 24 de Março de 2020, como forma
de dar resposta ao estado de emergência e a necessidade de proporcionar às famílias, crianças e
adolescentes alunos do Centro Cultural da Fundação, na Ilha de Luanda, uma razão para ficar em
casa e protegerem as suas vidas da Covid-19, de um lado e do outro lado, manter o ritmo das
aulas para os alunos do Centro Cultural da Fundação, na Ilha de Luanda.

O objectivo é realizar essas actividades online e permitir assim que, a partir de suas casas, as
famílias possam receber um estímulo adicional para tornarem os seus dia mais divertidos, mas
também mais seguros, nos horários considerados viáveis. As famílias assistem aos eventos a
partir das redes sociais da Fundação- facebook Fundação Arte e Cultura, Escola da Música e
Galeria Tamar Golan.

Comentários no Facebook
Compartilhe