O teste da chuva para ingressar na UAN- a crônica de Matias Daniel

Compartilhe

Crônica de: Matias Daniel

Chuvas aqui, chuvas por lá, este é o triste cenário que se verifique algures na cidade capital desde o início do ano  dois mil e chuvas.

Se antigamente, sofria com as chuvas quem não tinha abrigo, hoje são os jovens que também entram nesta onda,  tudo quando o assunto for “em busca duma oportunidade no ensino superior.

São vários os candidatos que têm passado dias debaixo do sol e da chuva, fazendo jus aquele velho ditado:

“Faça chuva, faça sol, eu daqui não sairei”

Milhares e milhares de futuros de estudantes da UAN (Universidade António Agostinho Neto), são obrigados a passar por humilhações tudo “em busca   de uma oportunidade no ensino superior.

Chuvas fortes se fazem cair na cidade capital de Angola, Luanda, e com ela o sacrifício de quem busca uma oportunidade no ensino superior, conforme mostram as tristes imagens que circulam na rede social mais popular do mundo,”FACEBOOK”.

Esta é a triste realidade que se vive em Luanda, o sacrifício para usufruir um em público.

Matias Daniel

________________

Gestor de medias digitais e Marketing

 

 

 

Comentários no Facebook
Compartilhe